Pular para o conteúdo principal

A História do Surgimento da Moeda

Ludwig von Mises demonstrou já em 1912 que o dinheiro não pode ser criado por ordem de Estado algum ou por meio de qualquer contrato social formado por todos os cidadãos.O dinheiro deve sempre surgir espontaneamente dentro do processo do livre mercado. Antes das primeiras cunhagens de moeda, havia o escambo. Os bens eram produzidos por aqueles que estavam especializados em sua produção e seus excedentes eram intercambiados com outros produtos que eles não produziam. Todo produto possuía um preço denominado em quantidades de outro produto. Toda pessoa se beneficiava através da troca entregando algo de que necessitava menos por algo de que necessitava mais.


No entanto, o comércio se via limitado no escambo por três causas. Para poder comprar determinado artigo desejado, o indivíduo tinha que encontrar um vendedor que quisesse naquele momento exatamente o que ele tinha a oferecer. Se o vendedor de ovos queria comprar sapatos, tinha que encontrar um sapateiro com vontade de comer ovos. Mas suponha que o sapateiro fosse alérgico a ovos... Se um professor de economia quisesse comprar um jornal, tinha que encontrar um vendedor que quisesse aprender economia austríaca. Este problema é conhecido como o da “dupla coincidência de desejos”, e limitava imensamente a produção.






O segundo problema era das indivisibilidades. Se desejo vender uma casa e comprar um carro,uma máquina de lavar roupas e alguns cavalos, o que faço? Divido a casa em vinte pedaços para trocar? Sendo a casa indivisível, se eu a divido, ela perde seu valor. O mesmo acontece com outros produtos grandes (tratores, máquinas etc.). E se casas, tratores, máquinas são difíceis de trocar, poucas pessoas se interessarão em produzi-los.


O terceiro problema é relativo ao cálculo econômico. As empresas devem ser capazes de calcular prejuízos e lucros em cada uma de suas transações. Em um sistema de escambo seria impossível realizar este cálculo. Uma economia industrial moderna não poderia funcionar mediante o escambo. O escambo só pode solucionar os problemas econômicos de um pequeno povoado, se tanto.
Mas o homem é criativo e engenhoso. Pouco a pouco produziu um dos inventos mais
prodigiosos, que elimina os obstáculos apresentados pelo escambo: a moeda.

O vendedor de ovos que queria sapatos se perguntou: “O que o vendedor de sapatos quer? O que ele está disposto a comprar? É peixe? Bem, então conseguirei peixe.” O vendedor de ovos não compra o peixe para consumi-lo (ele pode mesmo ser alérgico a peixe), mas para revendêlo por sapatos. O peixe é demandado não para seu consumo, mas como meio de troca, como um instrumento de troca indireta. Uma vez que determinada mercadoria começa a ser usada como meio de troca e isto é de conhecimento geral, seu uso como meio de troca se generaliza mais e mais. Começa a haver demanda desta mercadoria porque se sabe que está sendo usada como meio de troca, com o que o uso da mercadoria se expande. Quando uma mercadoria é utilizada como meio de troca para a maior parte das trocas realizadas, tal mercadoria é definida como sendo moeda.


Assim, a moeda surge quando os participantes de um mercado escolhem uma mercadoria para uso como meio de troca. Como todas as grandes invenções do homem, demorou a aparecer e revolucionou o mundo. Solucionou todas as dificuldades do escambo:

1. O vendedor de ovos e o economista trocam seus bens e serviços pela mercadoria dinheiro porque por sua vez sabem que poderão vender essa mercadoria pelo que necessitam.

2. Também desaparece o problema das indivisibilidades; posso vender minha casa e comprar o que necessito.

3. O terceiro problema também desaparece: as empresas podem calcular, podem saber se perdem ou ganham. Suas receitas e despesas podem ser expressas em dinheiro.Recebi 10.000, gastei 9.000: então ganhei 1.000. Já não preciso somar ou subtrair objetos incomensuráveis. A empresa de aço já não tem que pagar seus empregados com barras de aço. Pode pagar com dinheiro. Além disso, para saber se um preço é bom, já não é preciso comparar milhões de quantidades relativas (quantos ovos vale um peixe, quantas carnes, quantos casacos etc.). Todas as mercadorias agora são medidas por uma única mercadoria: a moeda; e é fácil comparar o preço do peixe, dos ovos, da carne, do casaco.

Postagens mais visitadas deste blog

TAGUATINGA ESTÁ COM 12OO VAGAS EM SEIS CURSOS

Com o objetivo de apoiar o trabalho de lideranças comunitárias, a Administração Regional de Taguatinga, tem o programa Escola da Comunidade, um espaço voltado para a promoção de cursos e palestras para zeladores, porteiros, síndicos, prefeitos comunitários e membros de associações de moradores. A Escola da Comunidade está com inscrições abertas para cursos de formação em cursos de formação de prefeito comunitário, síndico profissional, direito condominial, engenharia condominial, agente de portaria e primeiros socorros.


Andréa Serra, uma ex-aluna do curso de formação para síndicos, aprovou a iniciativa da escola e hoje usa o que aprendeu na gestão de seu condomínio. “Com as palestras de direito e dos engenheiros pude saber mais sobre legislação e engenharia, o que eu estou aplicando em meu condomínio”. O administrador de Taguatinga, Ricardo Lustosa Jacobina afirma que a iniciativa é um programa de sucesso da administração de Taguatinga. “A Escola da Comunidade é uma conquista de toda a p…

CONCURSO PARA CÃMARA LEGISLATIVA TERÁ 100 MIL CANDIDATOS

O tão esperado edital de abertura do concurso da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) deverá ser lançado até o mês de agosto. A informação foi divulgada pela própria Casa, que assinou o contrato com a Fundação Carlos Chagas (FCC) na última sexta-feira (7/7). Mas a espera pela distribuição das vagas nos cargos não é mais necessária. Veja abaixo para quais áreas serão destinadas as 86 oportunidades: divididas entre os cargos de técnico, consultor técnico, consultor e procurador.
O presidente da Câmara, deputado Joe Valle (PDT), espera que o concurso selecione os candidatos mais interessados em fazer carreira na casa, que tem atualmente o salário inicial de nível médio em R$ 10.143,07 e de nível superior em R$ 15.123,30. Segundo ele, a expectativa é de mais de 100 mil candidatos inscritos. Leia também:Mais de 15 mil vagas serão abertas no país até dezembro De acordo com a Casa, não haverá gastos para a realização do certame, pois a seleção será totalmente custeada pelos valores …

O SERVIDOR QUE ESPERA AUMENTO EM OUTUBRO "PODE TIRAR O CAVALINHO DACHUVA"

Escrevo este post com a profunda vontade de estar errado, todavia não sou tão otimista assim. A categoria funcional vinculada ao Governo Do Distrito Federal deverá ter uma visão de águia e planejar qualitativamente suas finanças nos próximos meses. Todos nós temos uma tendência em contar com o "ovo dentro da galinha" e realizar despesas ou pagar dívidas com créditos a receber.
O GDF tem se lastreado e se calçado por uma única linha de defesa e planejamento de governança, a Lei de Responsabilidade Fiscal. Não há outra ação propositiva concreta de desenvolvimento econômico para a capital. A "muleta" utilizada só é esquecida quando o governo anterior, o de Agnelo, se sobre põe ao atual na ingerência econômica social.
Vivemos uma crise, nisso não há novidade. Vivemos uma caos não há novidade alguma nisso. A novidade é na desculpa utilizada para justificar ações sem prumo. Falar que arrecadação não tem suprido as expectativas já não justifica o intenso e sistemático discu…