Pular para o conteúdo principal

DEPUTADO FRAGA É CANDIDATO A GOVERNADOR

Foto:google no blog do Hamilton Silva


O deputado federal Alberto Fraga (DEM) foi um dos entrevistados do programa Conectado ao Poder de sábado (10), na rádio OK FM. Previdência, comando da polícia militar, eleição para administrador e eleição para o governo do Distrito Federal foram alguns dos assuntos debatidos.

Eduardo Cunha


Para Fraga é indiscutível que o deputado federal Eduardo Cunha foi um dos melhores presidentes que a Câmara dos Deputados teve. “Conhecedor do regimento, colocou a Câmara de forma independente e por sua culpa acabou da forma que o País tem conhecimento”.

Maioridade penal


O deputado afirma que constantemente tem pressionado o senador Renan Calheiros (PMDB) para que ele tome uma posição em relação ao projeto da maioridade penal. “A bancada da segurança pública esta mobilizada em relação ao tema, que é necessário para se combater a violência em nosso País. Infelizmente Renan sentou em cima do projeto e foi contra o que a sociedade deseja”.

CPI da Lei Rouanet


Fraga falou sobre a CPI da Lei Rouanet, presidida por ele. A Lei que foi criada para incentivar artistas em inicio de carreira infelizmente se perdeu. A CPI encontrou mais de 30 mil processos sem prestação de contas que pudessem identificar qualquer indicio de irregularidade. O montante passa de 10 bilhões e o que chama atenção é que 93% dos recursos destinados pela Lei Rouanet foram para o eixo Rio-São Paulo.

Porte de arma


Fraga defende que os agente de segurança socioeducativa tenham uma atenção especial pelos governantes e que tenham direito ao porte de arma na hora de folga. “É uma questão de segurança para os profissionais”.

OS


O deputado é contrário a instalação das Organizações Sociais na área de saúde. Para ele o problema da saúde pública é a falta de gestão. Fraga destaca que em outros estados a corrupção também está presente nas OS’s.

Regularização


O parlamentar disse que falta entendimento político para a regularização fundiária no Distrito Federal e afirma que em alguns governos, questões políticas acabaram impedindo o andamento dos processos.

Eleição de administrador


Fraga é contrário a eleição direta dos administradores e citou seu exemplo, “fui o deputado federal mais votado em 17 regiões administrativas, já pensou se eu apoiasse candidatos nessas regiões? Digo isto porque sou oposição ao atual governo e entendo que isto dificultaria sua administração”, e vai além, “defendo a independência financeira para as administrações, isso sim seria um avanço”.

Comando Geral da PM


Para Fraga o Coronel Nunes é um dos coronéis mais capacitados para exercer a função de comandante geral da PM. “Agora tem que deixá-lo trabalhar sem as questões políticas”.

Previdência


Fraga afirmou que a previdência dos militares foi separada do projeto de reforma da previdência, “defendi que os militares das forças de segurança estaduais mantivessem os mesmos direitos dos militares das forças armadas”.

10 medidas


Fraga esclarece que as 10 medidas contra a corrupção é um projeto feito exclusivamente pelo Ministério Público. Ele detalha algumas medidas retiradas do projeto como as restrições ao Habeas Corpus e a validade das provas ilícitas. Para ele, estas medidas só prejudicam os menos favorecidos.

Excesso de poder


Fraga afirma não ter votado contra as 10 medidas contra a corrupção. “Votei contra o excesso de poder que o Ministério Público queria ter”.

Lava Jato


Fraga afirma ser favorável à operação lava jato. “Aplaudo e quero que ela continue prestando estes serviços para a sociedade e que continue prendendo os corruptos”.

Alma lavada


O deputado desabafou “sangrei durante 8 anos sendo acusado de peculato e improbidade administrativa e a 10 dias o Supremo Tribunal Federal arquivou o processo por improcedência. Sequer foi julgado o mérito, o STF entendeu que as provas e as acusações não existiam”.

Governador


Questionado sobre as eleições de 2018, Fraga afirmou que a principio disputará o Governo do Distrito Federal.


Por: Sandro Gianelli
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

TAGUATINGA ESTÁ COM 12OO VAGAS EM SEIS CURSOS

Com o objetivo de apoiar o trabalho de lideranças comunitárias, a Administração Regional de Taguatinga, tem o programa Escola da Comunidade, um espaço voltado para a promoção de cursos e palestras para zeladores, porteiros, síndicos, prefeitos comunitários e membros de associações de moradores. A Escola da Comunidade está com inscrições abertas para cursos de formação em cursos de formação de prefeito comunitário, síndico profissional, direito condominial, engenharia condominial, agente de portaria e primeiros socorros.


Andréa Serra, uma ex-aluna do curso de formação para síndicos, aprovou a iniciativa da escola e hoje usa o que aprendeu na gestão de seu condomínio. “Com as palestras de direito e dos engenheiros pude saber mais sobre legislação e engenharia, o que eu estou aplicando em meu condomínio”. O administrador de Taguatinga, Ricardo Lustosa Jacobina afirma que a iniciativa é um programa de sucesso da administração de Taguatinga. “A Escola da Comunidade é uma conquista de toda a p…

CONCURSO PARA CÃMARA LEGISLATIVA TERÁ 100 MIL CANDIDATOS

O tão esperado edital de abertura do concurso da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) deverá ser lançado até o mês de agosto. A informação foi divulgada pela própria Casa, que assinou o contrato com a Fundação Carlos Chagas (FCC) na última sexta-feira (7/7). Mas a espera pela distribuição das vagas nos cargos não é mais necessária. Veja abaixo para quais áreas serão destinadas as 86 oportunidades: divididas entre os cargos de técnico, consultor técnico, consultor e procurador.
O presidente da Câmara, deputado Joe Valle (PDT), espera que o concurso selecione os candidatos mais interessados em fazer carreira na casa, que tem atualmente o salário inicial de nível médio em R$ 10.143,07 e de nível superior em R$ 15.123,30. Segundo ele, a expectativa é de mais de 100 mil candidatos inscritos. Leia também:Mais de 15 mil vagas serão abertas no país até dezembro De acordo com a Casa, não haverá gastos para a realização do certame, pois a seleção será totalmente custeada pelos valores …

O SERVIDOR QUE ESPERA AUMENTO EM OUTUBRO "PODE TIRAR O CAVALINHO DACHUVA"

Escrevo este post com a profunda vontade de estar errado, todavia não sou tão otimista assim. A categoria funcional vinculada ao Governo Do Distrito Federal deverá ter uma visão de águia e planejar qualitativamente suas finanças nos próximos meses. Todos nós temos uma tendência em contar com o "ovo dentro da galinha" e realizar despesas ou pagar dívidas com créditos a receber.
O GDF tem se lastreado e se calçado por uma única linha de defesa e planejamento de governança, a Lei de Responsabilidade Fiscal. Não há outra ação propositiva concreta de desenvolvimento econômico para a capital. A "muleta" utilizada só é esquecida quando o governo anterior, o de Agnelo, se sobre põe ao atual na ingerência econômica social.
Vivemos uma crise, nisso não há novidade. Vivemos uma caos não há novidade alguma nisso. A novidade é na desculpa utilizada para justificar ações sem prumo. Falar que arrecadação não tem suprido as expectativas já não justifica o intenso e sistemático discu…