Pular para o conteúdo principal

SALA DE VIDRO: RECEBERÁ POLÍTICOS DO DF AO VIVO

foto: Internet - Hamilton Silva
Eldo Gomes
Durante 9 dias, mais 90h, com entrada gratuita, o Shopping Pier 21 receberá o projeto “Multiplicidade Fora da Caixa”, que promove o diálogo entre pessoas que pensam além do obvio e querem sair da caixa. Empreendedores, startups, microempresários, comunicadores, estudantes, youtubers, artistas e o público em geral. A apresentação é do jornalista multimídia e youtuber, Eldo Gomes. O evento será do dia 9 ao dia 12 de dezembro, das 12h às 22h.
O Espaço Multiplicidade de Coworking, que fica na 702/702 norte, em Brasília/DF, decidiu colocar o bonde na rua e levar a ideia de – ambiente colaborativo – para dentro do Shopping Pier 21, com apoio do mall, oferecendo vários serviços gratuitos e até consultoria empresarial para quem quer abrir um negócio, melhorar, trocar ideias, busca inspiração ou apenas quer tomar um café e trocar contatos.
Na programação, a “Sala de Vidro” do projeto “Multiplicidade Fora da Caixa” terá:
– Conversa Empreendedora (Papo e consultoria com consultores do Espaço Multiplicidade)
– Multiplicando contatos ( Local para deixar cartões de empreendedores)
– Coworking Space (Ambiente de trabalho compartilhado do Multiplicidade nas ruas)
– Sala dos Youtubers (Espaço para interação dos youtubers de Brasília e região).
– Café suspenso (onde você pode tomar ou deixar um café para um amigo).
– Coleção de Tshirts do Multiplicidade (camisetas para gente de mente aberta e empreendedora).
– Webinário (Palestras gratuitas ao vivo e transmitidas em tempo real no facebook).

Todos nós precisamos de oxigênio criativo. Quando surgiu a oportunidade de levar o coworking para o shopping, não pensei duas vezes e já imaginei a troca cultural que uma ação deste proporciona. Muita gente tem boas ideias, mas às vezes falta motivação e inspiração para tirar do papel. Nada como conhecer outros empreendedores e trocar contatos”, conta a diretora de negócios do Espaço Multiplicidade de Coworking, Cristiane Pereira.
[ Sala de Vidro ] #ImersãoDeYoutubers
Quer participar?
Envie seu porfólio, contatos, release, etc, para: novasmidiasbrasilia@gmail.com e aguarde contato – a produção fica por conta do ator brasiliense Nobu Kahi e às apresentações do jornalista multimídia e youtuber, Eldo Gomes.
[ Mais sobre Eldo Gomes ]
Eldo Gomes é especializado em Jornalismo Digital e Multimídia há 10 anos. Jornalista com experiência em Rádio e TV. Apresentou por 02 anos o programa Acontece Brasília ao vivo na Rádio Federal. É youtuber criativo e apresentador do Encontro de Youtubers, que fez turnê em Goiânia, Rio de Janeiro e no DF.
Serviço:
Multiplicidade Fora da Caixa
Debates, Palestras, Webinários, Consultorias e NetworkLocal: Shopping Pier 21 Brasília – Sala de Vidro*Ficará em frente a calçada da fama do shopping
Endereço: St. de Clubes Esportivos Sul Trecho 2 Lote 32 – Asa Sul
Horário: 12h às 22h
Entrada: Gratuita
Página Oficial: https://www.facebook.com/espacomultiplicidade/Site: http://eldogomes.com.br/foradacaixa/
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

TAGUATINGA ESTÁ COM 12OO VAGAS EM SEIS CURSOS

Com o objetivo de apoiar o trabalho de lideranças comunitárias, a Administração Regional de Taguatinga, tem o programa Escola da Comunidade, um espaço voltado para a promoção de cursos e palestras para zeladores, porteiros, síndicos, prefeitos comunitários e membros de associações de moradores. A Escola da Comunidade está com inscrições abertas para cursos de formação em cursos de formação de prefeito comunitário, síndico profissional, direito condominial, engenharia condominial, agente de portaria e primeiros socorros.


Andréa Serra, uma ex-aluna do curso de formação para síndicos, aprovou a iniciativa da escola e hoje usa o que aprendeu na gestão de seu condomínio. “Com as palestras de direito e dos engenheiros pude saber mais sobre legislação e engenharia, o que eu estou aplicando em meu condomínio”. O administrador de Taguatinga, Ricardo Lustosa Jacobina afirma que a iniciativa é um programa de sucesso da administração de Taguatinga. “A Escola da Comunidade é uma conquista de toda a p…

O SERVIDOR QUE ESPERA AUMENTO EM OUTUBRO "PODE TIRAR O CAVALINHO DACHUVA"

Escrevo este post com a profunda vontade de estar errado, todavia não sou tão otimista assim. A categoria funcional vinculada ao Governo Do Distrito Federal deverá ter uma visão de águia e planejar qualitativamente suas finanças nos próximos meses. Todos nós temos uma tendência em contar com o "ovo dentro da galinha" e realizar despesas ou pagar dívidas com créditos a receber.
O GDF tem se lastreado e se calçado por uma única linha de defesa e planejamento de governança, a Lei de Responsabilidade Fiscal. Não há outra ação propositiva concreta de desenvolvimento econômico para a capital. A "muleta" utilizada só é esquecida quando o governo anterior, o de Agnelo, se sobre põe ao atual na ingerência econômica social.
Vivemos uma crise, nisso não há novidade. Vivemos uma caos não há novidade alguma nisso. A novidade é na desculpa utilizada para justificar ações sem prumo. Falar que arrecadação não tem suprido as expectativas já não justifica o intenso e sistemático discu…

ECONOMIA E A LEI DA ESCASSEZ

Em Economia tudo se resume a uma restrição quase que física - a lei da escassez, isto é, produzir o máximo de bens e serviços a partir dos recursos escassos disponíveis a cada sociedade. Se uma quantidade infinita de cada bem pudesse ser produzida, se os desejos humanos pudessem ser completamente satisfeitos, não importaria que uma quantidade excessiva de certo bem fosse de fato produzida. Nem importaria que os recursos disponíveis: trabalho, terra e capital (este deve ser entendido como máquinas, edifícios, matérias-primas etc.) fossem combinados irracionalmente para produção de bens. Não havendo o problema da escassez, não faz sentido se falar em desperdício ou em uso irracional dos recursos e na realidade só existiriam os "bens livres". Bastaria fazer um pedido e, pronto, um carro apareceria de graça.
Na realidade, ocorre que a escassez dos recursos disponíveis acaba por gerar a escassez dos bens - chamados "bens econômicos". Por exemplo: as jazidas de minério de…