Pular para o conteúdo principal

CAIADO DESEJA FORÇA NACIONAL NO ESTADO DE GOIÁS URGENTE CASO ELEITO

Foto
Senador Ronaldo Caiado

O debate promovido pela Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno (ABBP) girou em torno de temas como transporte público, segurança, educação, saúde, potencial tecnológico da região e repasses do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO).
Caiado também chamou a atenção para o uso político que tem sido feito do Entorno durante as eleições de Goiás com promessas populistas e soluções apenas paliativas para os graves problemas locais. “É muito importante notar como a máquina do governo tem usado o Entorno como fiel da balança nas eleições. Aproveitam-se da alta densidade populacional e do baixo desenvolvimento urbano para fazer populismo com os problemas reais da região”, criticou Caiado.
PROJETOS
Ronaldo Caiado foi direto ao afirmar que não basta procurar soluções temporárias para problemas estruturais. Ele apresentou dois projetos de sua autoria que já tramitam no Congresso e que podem criar mudanças significativas na vida das pessoas.
Foto Sidny Lins Jr. - Hamilton Silva
O PLS 163/15, que destina 80% do FCO repassado ao Distrito Federal para as cidades do Entorno; e a PEC 65/15, que transfere ao governo federal a exploração dos serviços de transporte rodoviário entre os municípios do Entorno e Brasília.
“Brasília tem a maior renda per capita e o maior IDH do país enquanto as cidades ao redor contam com os piores índices. Não há emprego nem perspectiva no Entorno porque não há como competir com os subsídios federais e o volume de recursos que é destinado a Brasília. Em vez de resolver isso, a região segue sendo usada apenas como curral eleitoral do governador”, afirmou.
Caiado apresentou sugestões inéditas, como a convocação das Forças Armadas para ajudar na segurança pública do estado e a ajuda de instituições no combate às drogas. Veja abaixo um resumo da entrevista coletiva e as considerações e propostas do senador acerca de cada tema de interesse da população do Entorno:

FCO
“Qual a finalidade dos fundos de desenvolvimento regionais? Ajudar a combater desigualdades. A maior desigualdade do Centro-Oeste hoje está no Entorno, onde índices de violência superam a Baixada Fluminense e até 50% da população tem que se deslocar diariamente para Brasília. Isso gera um paradoxo cruel: convivem, lado a lado, o Distrito Federal, que exibe a maior renda per capita do país e dispõe de excelentes serviços públicos, e o seu cinturão, que ostenta um dos piores IDH do país. Nada mais justo do que exigir que 80% do FCO destinado a Brasília seja usado para desenvolver o Entorno”.
SEGURANÇA PÚBLICA
“Caso um dia venha a assumir o governo, no meu primeiro dia vou pedir a presença das Forças Armadas e da Guarda Nacional para auxiliar na segurança pública do Entorno e de outras regiões carentes de Goiás. Não dá para você achar que os 11,9 mil policiais que nosso estado conta são suficiente para conter a escalada de crimes que estamos vivendo”.
TRANSPORTE
“É preciso entender que a legislação atual não serve mais e que se não for mudada só vamos continuar enxugando gelo. O Entorno como está não tem como competir com os subsídios federais e o volume de recursos que é aportado no Distrito Federal. A nossa PEC muda isso. Como é que esta região de Goiás, onde 67% se desloca diariamente para Brasília e 45% trabalha na capital pode ficar de fora dessa conta? Não pode”
Ao Blog do Hamilton Silva o senador goiano afirmou que não vai priorizar a construção de um transporte de passageiros entre Brasília e Goiânia já que Goiás é o quinto maior estado em dívidas da federação.
EMANCIPAÇÃO DO ENTORNO
“Goiás já foi por demais benevolente com a cessão de territórios de seu estado e essa ideia, neste momento, é apenas uma estratégia de afastar um problema em vez de assumir a responsabilidade. O que não dá é para ficar com essa dificuldade onde cada estado, cada município e o DF criam legislações próprias e ninguém busca uma política única que funcione para a região.”
POTENCIAL TECNOLÓGICO
“Não dá para o Entorno insistir em uma tese de desenvolvimento que vá competir com o que já temos em Brasília. O que eu enxergo para a região é um potencial tecnológico na área da indústria de transformação e a produção de bens voltados para essa grande demanda que é Brasília”.



Foto:Sidney Lins Jr. - Blog Hamilton Silva
EDUCAÇÃO
“Há uma grave crise em nossa educação e isso passa também por uma crise moral. Por que é que os colégios militares são tão valorizados? Porque ensinam hierarquia, valores, respeito ao professor. São esses os conceitos que temos que resgatar na educação pública. Eu, em meu tempo, fui estudar em um colégio público em Belo Horizonte por ser o melhor para me preparara para o vestibular. Por que não podemos voltar a esse nível de excelência?”

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

TAGUATINGA ESTÁ COM 12OO VAGAS EM SEIS CURSOS

Com o objetivo de apoiar o trabalho de lideranças comunitárias, a Administração Regional de Taguatinga, tem o programa Escola da Comunidade, um espaço voltado para a promoção de cursos e palestras para zeladores, porteiros, síndicos, prefeitos comunitários e membros de associações de moradores. A Escola da Comunidade está com inscrições abertas para cursos de formação em cursos de formação de prefeito comunitário, síndico profissional, direito condominial, engenharia condominial, agente de portaria e primeiros socorros.


Andréa Serra, uma ex-aluna do curso de formação para síndicos, aprovou a iniciativa da escola e hoje usa o que aprendeu na gestão de seu condomínio. “Com as palestras de direito e dos engenheiros pude saber mais sobre legislação e engenharia, o que eu estou aplicando em meu condomínio”. O administrador de Taguatinga, Ricardo Lustosa Jacobina afirma que a iniciativa é um programa de sucesso da administração de Taguatinga. “A Escola da Comunidade é uma conquista de toda a p…

CONCURSO PARA CÃMARA LEGISLATIVA TERÁ 100 MIL CANDIDATOS

O tão esperado edital de abertura do concurso da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) deverá ser lançado até o mês de agosto. A informação foi divulgada pela própria Casa, que assinou o contrato com a Fundação Carlos Chagas (FCC) na última sexta-feira (7/7). Mas a espera pela distribuição das vagas nos cargos não é mais necessária. Veja abaixo para quais áreas serão destinadas as 86 oportunidades: divididas entre os cargos de técnico, consultor técnico, consultor e procurador.
O presidente da Câmara, deputado Joe Valle (PDT), espera que o concurso selecione os candidatos mais interessados em fazer carreira na casa, que tem atualmente o salário inicial de nível médio em R$ 10.143,07 e de nível superior em R$ 15.123,30. Segundo ele, a expectativa é de mais de 100 mil candidatos inscritos. Leia também:Mais de 15 mil vagas serão abertas no país até dezembro De acordo com a Casa, não haverá gastos para a realização do certame, pois a seleção será totalmente custeada pelos valores …

O SERVIDOR QUE ESPERA AUMENTO EM OUTUBRO "PODE TIRAR O CAVALINHO DACHUVA"

Escrevo este post com a profunda vontade de estar errado, todavia não sou tão otimista assim. A categoria funcional vinculada ao Governo Do Distrito Federal deverá ter uma visão de águia e planejar qualitativamente suas finanças nos próximos meses. Todos nós temos uma tendência em contar com o "ovo dentro da galinha" e realizar despesas ou pagar dívidas com créditos a receber.
O GDF tem se lastreado e se calçado por uma única linha de defesa e planejamento de governança, a Lei de Responsabilidade Fiscal. Não há outra ação propositiva concreta de desenvolvimento econômico para a capital. A "muleta" utilizada só é esquecida quando o governo anterior, o de Agnelo, se sobre põe ao atual na ingerência econômica social.
Vivemos uma crise, nisso não há novidade. Vivemos uma caos não há novidade alguma nisso. A novidade é na desculpa utilizada para justificar ações sem prumo. Falar que arrecadação não tem suprido as expectativas já não justifica o intenso e sistemático discu…